descomplicar o dia a dia

Aprenda o verbo onde tudo começa: descomplicar.

Somos ótimos a adicionar camadas e mais camadas à nossa vida, e quando olhamos para o que andamos aqui a fazer percebemos que as camadas que vamos acrescentando só vêm complicar tudo. Damos por nós num mar de responsabilidades, de vontades e de preocupações. E toda a confusão onde vivemos ofusca a nossa visão, fazendo com que fique cada vez mais difícil identificar a verdadeira origem do problema.

De repente, é como se a nossa vida fosse um enorme novelo de lã e nós não conseguimos encontrar a ponta para começar a desembaraçar.

A grande armadilha nisso tudo, é que em vez de ir removendo elementos que vão facilitando a nossa compreensão das coisas (e de nós mesmos), vamos compensando a forma como sentimos a turbulência da nossa vida com novas camadas. Ou seja: complicamos ainda mais.

Cada pessoa é um mundo e cada mundo tem a sua própria forma de reagir ao seu choque de cometas. Muitos de nós, quando nos sentimos zangados, tristes, frustrados, sozinhos, vazios, sem rumo, sem perceber o que se passa dentro de nós mesmos, tentamos preencher essa dor com comida ou com coisas que raramente precisamos. O resultado é uma nova camada que só vem complicar ainda mais.

Descomplicar a vida.

Nos dias que correm, é um enorme desafio descomplicar a vida. Porque há muitas variáveis que nos deixam preocupados, em alerta ou sem foco, mas todos sabemos que descomplicar a vida é o caminho para que os estímulos externos não nos afetem mais do que devem. Descomplicar é uma habilidade que ajuda a eliminar o desnecessário, para que o essencial possa prevalecer.

descomplicar o dia a dia

 

Dicas para descomplicar a vida:

1. Arrumar a casa, arrumar a vida (e a cabeça)

Organizar o nosso espaço é o primeiro passo para poder organizar as nossas ideias, os nossos planos, sonhos e objetivos.

2. Manter uma rotina de bem-estar.

É essencial usar e abusar do verbo cuidar. Guardar tempo para si mesmo. Seja tempo para ir fazer uma caminhada, uma corrida, uma hora de dança, uma conversa com amigos, uma hora de silêncio, tempo para fazer nada, para ler, para rir alto, para observar, para cozinhar… o que quiser. Mas tire tempo para cuidar.

3. Comer bem.

Podia estar no ponto anterior mas merece tanto destaque que tem um ponto só seu. Comer verde, comer limpo, comer bem. Comer para viver, comer com consciência, comer sem fundamentalismo, comer com amor, comer bem.

Mais uma vez, não é preciso complicar: é só manter uma alimentação simples, bonita e saudável.

4. Beber água

Parece uma coisa básica mas é muito mais urgente do que parece, o nosso cérebro precisa de oxigénio. E beber água aumenta a transmissão de oxigénio, o que faz com que o nosso raciocínio seja mais rápido.

5. Faça uma lista de suficiente

Ou seja, uma lista de tarefas que têm de ser feitas. A nossa tendência é manter todas as tarefas nos quadrantes das prioridades e das urgências, o que causa elevados picos de stress que aumentam a adrenalina, que nos faz ter mais fome e que ativa a vontade de comer tudo o que não devemos, É o chamado ciclo vicioso. E tudo começa no stress.

A preparação é 99% de sucesso. E ela começa na lista das tarefas. Nunca esquecer que essa lista vai muito além do que é urgente e do que é prioritário.

6. Acorde mais cedo

É uma das dicas mais partilhadas pelos gurus de mindfulness. Promove a serenidade e o foco.  Escolher acordar 15 minutos mais cedo, fazer meditação, exercícios de respiração, preparar um bom pequeno almoço, ficar entregue aos seus pensamentos sem atropelos, a um duche sem interrupções, ao seu eu sem mais ninguém. Precisamos deste momento só nosso. Todos os dias.

7. Durma mais cedo

Se acordar mais cedo faz maravilhas pela sua serenidade e pelo seu foco, dormir mais cedo faz por tudo o resto. Pela capacidade de raciocínio, pela clareza, pela disposição e bom humor, pela boa gestão das emoções, pela forma como conseguimos distinguir aquilo que é uma perceção daquilo que é a realidade. Dormir bem faz a diferença na nossa vida.

8. Saia de casa

Ver mundo. Estar em contacto com a Natureza. Abraçar os amigos. Rir. Ouvir música. Ver e ouvir o mar. Andar descalço. Conduzir sem um destino traçado. Ir por um caminho novo. Quebrar a rotina. Re-organizar as ideias. Viver bem a vida.

9. Sorria

Sorria ao espelho para si mesmo. Sorria a um estranho uma vez por dia. Sorria aos colegas, ao chefe, à senhora do supermercado, ao senhor do restaurante, a quem passa na rua, aos filhos, à mulher, ao marido, à mãe, aos irmãos, a si mesmo, à vida.

Sorria. A serotonina e a dopamina farão maravilhas na sua vida. Acredite.

 

  Publicado por Sofia Castro Fernandes